Palavra do presidente

Rev. Benones

O Presbitério de São José do Rio Preto é um dos 361 Presbitérios da Igreja Presbiteriana do Brasil. Somos Jurisdicionados pelo Sínodo de Bauru, juntamente com outros quatro Presbitérios, que são: Presbitério de Bauru, Presbitério de Araçatuba, Presbitério de Presidente Prudente e Presbitério de Votuporanga. Pertencemos à Igreja Presbiteriana do Brasil.

Nossa Igreja Presbiteriana do Brasil é uma federação de igrejas locais que adotam a Bíblia como a única regra de fé e prática, temos o mesmo sistema de doutrinas, a mesma constituição e o mesmo sistema de governo por meio de concílios e indivíduos regularmente instalados.

Nossa finalidade é prestar culto a Deus em espírito e em verdade, pregar o evangelho, batizar os conversos, seus filhos e menores sob sua guarda e ensinar os fiéis a guardar a doutrina e prática das Escrituras, na sua pureza e integridade, bem como promover a aplicação dos princípios de fraternidade cristã e o crescimento de seus membros na graça e no conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo.

O Governo da Igreja Presbiteriana do Brasil é exercido de forma coletiva através de seus concílios. Os Concílios da Igreja Presbiteriana do Brasil são assembleias constituídas de ministros (presbíteros docentes) e presbíteros regentes. Os Concílios guardam entre si gradação de governo e disciplina; e, embora cada um exerça jurisdição original e exclusiva sobre todas as matérias da sua competência, os inferiores estão sujeitos à autoridade, inspeção e disciplina dos superiores. Os Concílios da Igreja Presbiteriana do Brasil em ordem ascendente são: a) o Conselho, que exerce jurisdição sobre a Igreja local; b) o Presbitério, que exerce jurisdição sobre os ministros e conselhos de determinada região; c) o Sínodo, que exerce jurisdição sobre três ou mais Presbitérios; d) o Supremo Concílio, que exerce jurisdição sobre todos os Concílios.

O Presbitério é o concílio constituído de todos os ministros (presbíteros docentes) e presbíteros regentes representantes de igrejas de uma região determinada pelo Sínodo. Cada Igreja será representada por um presbítero, eleito pelo respectivo Conselho. É função privativa do Presbitério exercer jurisdição sobre os ministros e conselhos de determinada região.

Nosso Presbitério é responsável por jurisdicionar 20 Ministros (presbíteros docentes) e 12 Conselhos das seguintes igrejas locais, listadas em ordem conforme a data de organização: 1- Igreja Presbiteriana de Catanduva – Organizada em 02/03/1924, Congregações: Congregação de Pirangi e Congregação de Pindorama; 2- Igreja Presbiteriana de São José do Rio Preto – Organizada em 04/03/1937; 3- Segunda Igreja Presbiteriana de São José do Rio Preto – Organizada em 27/03/1960; 4- Igreja Presbiteriana de Mirassol – Organizada em 30/06/1963, Congregação Jardim Alvorada; 5- Igreja Presbiteriana de Diniz – Organizada em 31/05/1981, Congregações: Congregação de José Bonifácio, Congregação de Mendonça e Congregação de Olímpia; 6- Igreja Presbiteriana Nova Jerusalém – Organizada em 28/10/2000; 7- Igreja Presbiteriana Nova Canaã – Organizada em 15/08/2004; 8- Igreja Presbiteriana da Aliança – Organizada em 08/12/2013; 9- Primeira Igreja Presbiteriana de Bady Bassitt – Organizada em 06/12/2015; 10- Igreja Presbiteriana de Icém – Organizada em 12/12/2015; 11- Segunda Igreja Presbiteriana de Catanduva – Organizada em 23/10/2016; 12- Igreja Presbiteriana de Penápolis – Organizada em 15/12/2019.

O Presbitério de São José do Rio Preto caminha firmado na Palavra de Deus, em unidade de seus ministros e Igrejas, buscando o crescimento e edificação de seus membros, a evangelização dos perdidos e plantação de novas Igrejas. Temos experimentado a bondade de Deus no crescimento do número de membros, no envio de seminaristas e missionários, como também na plantação de novas Igrejas. Embora todas estas bênçãos, somos conscientes do grande desafio que está em nossas mãos que é o de alcançar inúmeras cidades que pertencem à nossa região e ainda não possuem nenhuma atividade da Igreja Presbiteriana do Brasil.

Gostaria de chamar todos os Ministros (presbíteros docentes) e Presbíteros regentes com todas as igrejas de nosso Presbitério para nos unirmos mais e mais, com o propósito de orarmos e unidos trabalharmos para a glória de Deus, a fim de edificarmos os membros de nossas igrejas e alcançarmos dentre os perdidos os eleitos de Deus para a salvação através da proclamação do genuíno evangelho do Senhor Jesus Cristo, a fim de plantarmos novas igrejas em todas as cidades de nossa região.

No amor de Cristo Jesus.

Rev. Benones Vieira dos Santos

Presidente do PRIP